Transformar SONHO em OBJETIVO

A educação financeira na concretização de sonhos

 

Este artigo pretende fazer referência ao interesse em estimular crianças muito novas a utilizarem as suas vontades na construção de sonhos.

Como resultado de algum estudo, destaco a conceção do coach Adelino Cunha acerca deste tema, que defende que a vida deve ser construída sobre objetivos, sejam pessoais e/ou profissionais, de forma a manter um estado de felicidade que o coach acredita ser “o nosso estado natural”, nos seus conselhos do treino para o sucesso.

Adelino Cunha foi considerado o primeiro português na lista dos TOP 100 GLOBAL COACHING LEADERS em 2017 e recebeu o 3º lugar dos BEST TEAM LEADERS de Portugal em 2018. Foi meu formador em 2010 – 2012 e levou-me à consciência que transformar sonhos em realidade é uma proposta OUSADA mas recorrendo a uma abordagem clara e objetiva, é muito célere.

Ao aplicar este princípio com as crianças com quem trabalho tem-me mostrado que o sucesso é garantido.

Adelino Cunha defende que “temos de guiar-nos por objetivos, encontrar o sonho e o sonho é algo que tem de «queimar», suficientemente poderoso para liderar” o plano de ação que cada um de nós deve ter na vida. “Saber o que queremos e o que precisamos de fazer para lá chegar” será o guião de base para atingir o sucesso, sejam boas notas na escola, sejam resultados na empresa ou num relacionamento.

Encontrar o sonho ou estabelecer objetivos “deve ser ensinado às crianças desde cedo”, recomenda o coach. Desde o mais pequeno objetivo ao maior, ensinar os mais novos a organizar um plano por etapas para atingir o que pretende, negociando uma recompensa que mantenha a motivação, pode manter os jovens otimistas nas idades mais complicadas. E “as recompensas funcionam melhor do que castigos, porque o cérebro é capaz de se superar quando há um prémio à frente, mas pouco se estimula pela perspetiva do castigo”.

 

Esta tem sido a minha ideia nos diferentes projetos de educação financeira quer seja com crianças muito novas quer seja com os jovens de 15 anos com quem já trabalhei nesta área.

O sonho criado em grupo depois de avaliar as motivações individuais das crianças e jovens tem sido a base do sucesso dos diferentes projetos.

Está nas mãos do adulto a sensibilidade e a perspicácia nesta avaliação e na ajuda da definição do sonho comum. Considero que a medição do nível de entusiasmo do grande grupo (maior numero de elementos) é fundamental para a motivação que alimentará toda a caminhada durante a vigência do projeto. Tal aspeto nunca deve ser descurado de forma alguma.

Será esta motivação que transformará o sonho em objetivo concretizável. A motivação terá que ser sustentada em cada fase do projeto pois vivencia-se sempre inúmeras situações desmoralizantes e negativas que retiram vontade e interesse em continuar. A redefinição de estratégias e o alinhamento do foco no objetivo final é sempre da responsabilidade do adulto nem que seja na ajuda para o alerta das autoavaliações periódicas.

Showing 2 comments
  • Ana Beatriz Lima
    Responder

    Lina, tive a oportunidade de ouvir uma palestra sua aqui no Brasil na Conferencia de finanças comportamentais e educação financeira. Desde então menciono você quando falo sobre projetos de.educacao financeira de crianças e jovens. Iniciei um programa de educação financeira infantil há 3 anos e tem.sido uma jornada de muito estudo e muitas descobertas. Me espelho muito nas suas palavras quando monto os meus planos de aula e dos workshops que realizo. Parabéns !!

    • Lina Nascimento
      Responder

      Obrigada Ana pelo seu comentário.
      É bom saber que a minha experiência está a ajudar a organização dos seus projetos. Onde desenvolve vc esses projetos? No Rio? Vc é professora?

Deixa o teu comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Contact Us

Descrição possivel aqui

Not readable? Change text. captcha txt

Escreve o que procuras e faz ENTER para pesquisar